Voltar

Indicador de Nível Socioeconômico dos Inscritos no Enem - Concepção, Metodologia e Resultados

Indicador de Nível Socioeconômico dos Inscritos no Enem - Concepção, Metodologia e Resultados (Versão 1.0)

Miniatura Uploads feitos por Daniel Fonseca e Caixeta, 12/12/19 11:39
Medidas de nível socioeconômico familiar são indicadores contextuais de suma importância para a investigação das desigualdades de acesso, trajetória e aprendizagem dos estudantes. Com o intuito de subsidiar esse debate, o objetivo deste texto é apresentar a concepção, metodologia e resultados de um indicador de nível socioeconômico dos inscritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), procurando detalhar o referencial teórico, o processo criativo e os procedimentos técnico-metodológicos para a geração de uma medida sintética da posição social dos indivíduos. Para tanto, são utilizadas as bases de dados dos inscritos do Enem entre 2011 e 2017 para a construção de um indicador que sintetiza informações de renda familiar e escolaridade parental, por meio do modelo de respostas graduais da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Em seguida, o texto explora um conjunto de validações do indicador, além de exemplificar potenciais aplicações e limitações. Sabendo que a construção de medidas numéricas em ciências sociais requer a explicitação dos esquemas teóricos e conceituais que informam a análise, o texto estará especialmente interessado na articulação entre um plano teórico-abstrato e outro operacional-empírico para o estudo da estratificação social e da desigualdade educacional.
Publicação: Séries Séries » Textos para Discussão Publicações em destaque
1 de 72

Versão 1.0

Última atualização por Daniel Fonseca e Caixeta
12/12/19 11:39
Estado: Aprovado
Medidas de nível socioeconômico familiar são indicadores contextuais de suma importância para a investigação das desigualdades de acesso, trajetória e aprendizagem dos estudantes. Com o intuito de subsidiar esse debate, o objetivo deste texto é apresentar a concepção, metodologia e resultados de um indicador de nível socioeconômico dos inscritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), procurando detalhar o referencial teórico, o processo criativo e os procedimentos técnico-metodológicos para a geração de uma medida sintética da posição social dos indivíduos. Para tanto, são utilizadas as bases de dados dos inscritos do Enem entre 2011 e 2017 para a construção de um indicador que sintetiza informações de renda familiar e escolaridade parental, por meio do modelo de respostas graduais da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Em seguida, o texto explora um conjunto de validações do indicador, além de exemplificar potenciais aplicações e limitações. Sabendo que a construção de medidas numéricas em ciências sociais requer a explicitação dos esquemas teóricos e conceituais que informam a análise, o texto estará especialmente interessado na articulação entre um plano teórico-abstrato e outro operacional-empírico para o estudo da estratificação social e da desigualdade educacional.
Baixar (3,8MB) Get
Histórico da versão
Versão Data Tamanho  
1.0 11 Meses atrás 3,8MB

Publicações mais Recentes

Manual do usuário do sistema integrado de gestão de ativos de segurança (Sigas) ›

O Sistema Integrado de Gestão de Ativos de Segurança (Sigas) foi desenvolvido pelo Inep para auxiliar os parceiros institucionais na gestão dos recursos empregados nas atividades de segurança e de sigilo ...

Produção e utilização de indicadores educacionais metodologia de cálculo de indicadores do fluxo escolar da educação básica ›

Mostra a correção do modelo de fluxo escolar para o sistema educacional brasileiro, discutindo os conceitos e as formas de verificar a consistência desse modelo, e ainda, a utilização equivocada de ...